Fabinho vai disputar sua 5a Liga Francesa e entra para o “top ten” do Mônaco

2 de agosto de 2017  // 

Fabinho faz contra o Villareal

Começa neste final de semana a Liga Francesa 2017/18. O atual campeão Mônaco quebrou a hegemonia do Paris Saint Germain que havia conquistado o Tetracampeonato na temporada anterior e será o adversário a ser batido. “Sem dúvida que vão olhar diferente para nossa equipe. Não só pela conquista do título, mas também pela Champions League que chegamos até a semifinal. Foi até uma surpresa que o Mônaco fizesse uma temporada tão positiva como essa, porque ninguém esperava. Com esta molecada do Mônaco conseguimos fazer muita coisa boa. Isso é importante! Conseguimos colocar nosso nome na história do time e acabar com a hegemonia do Paris Saint Germain. Foi muito bom para nós e para o campeonato” comentou Fabinho que vai disputar seu 5o Campeonato Francês. Coincidentemente nos últimos anos o Mônaco tem feito bons campeonatos. Foi vice campeão em 2013/14, e 3o colocado em 2014/15 e 2015/16.  “Claro que o Paris Saint Germain continua sendo muito forte e com o melhor elenco. Vamos tentar surpreender novamente e fazer uma grande temporada. Mas vai ser muito difícil esta temporada” afirmou Fabinho.

A Liga Francesa já teve algumas hegemonias. Na década de 60 o Saint-Ettiene foi Tetracampeão, na década de 90 o Marselle foi Tetracampeão. O Lyon foi Heptacampeão entre 2002 e 2009 e o PSG que foi Tetracampeão recentemente. Nesta temporada a Liga Francesa promete maior equilíbrio. “Sem dúvida o Paris Saint Germain e o Mônaco serão os dois favoritos para este campeonato. Mas outras equipes estão se reforçando bem. O Nice conseguiu manter o elenco com jogadores importantes. O Marselle e o Lille se reforçaram muito bem. O campeonato está ficando mais forte. As outras equipes estão vendo o crescimento de seus adversários e estão procurando se reforçar. Acredito que teremos uma disputa muito boa pelo título” analisou Fabinho. Na galeria dos clubes campeões franceses, os recordistas são Olyympique Marselle e Saint-Ettiene que já venceram 10 vezes. Mônaco e Nantes tem 8 títulos. Lyon e Stade Reims tem 7 títulos e com 6 títulos  estão PSG e Bordeaux. Nice tem 4 conquistas e o Lille venceu três vezes.

Fabinho que começou como lateral direito no Mônaco, jogou na última temporada mais vezes como meio campo A cada campeonato tem jogado mais, e feito mais gols. No primeiro campeonato jogou 26 partidas. Em 2014/15 jogou 36 partidas e marcou um gol. Na penúltima temporada marcou 6 gols em 34 jogos. E na temporada do título jogou 37 das 38 partidas e marcou 9 gols. Titular absoluto do técnico Leonardo Jardim, Fabinho jogou 53 partidas oficiais na temporada passada e chegou a 188 jogos oficiais no último sábado na final da Supercopa da França. Com esta quantidade de jogos, Fabinho é o 9o maior estrangeiro da história do Mônaco. “Eu não esperava atingir esta marca aqui no Mônaco. É uma marca importante. Quero que meus números positivos aumentem cada vez mais no clube. Eu não foco nos números, mas estes números ficam para a história como no ano passado com a conquista do título e o ataque mais positivo da equipe na Liga Francesa. Quero deixar cada vez mais forte o meu nome no Mônaco” contou Fabinho que ao término desta temporada poderá ser o segundo maior jogador estrangeiro com mais jogos no Mônaco. O atual 2o colocado é o goleiro italiano Flávio Roma com 231 jogos. O recordista é o atual goleiro Daniel Subasic da Croácia.  Veja abaixo a relação dos 10 maiores jogadores estrangeiros do Mônaco que conta com 3 jogadores do elenco atual. O goleiro Subasic, o meia Moutinho e o próprio Fabinho.

1o Daniel Subasic (Croácia), 235 jogos
2o Flavio Roma (Itália), 231 jogos
3o Delio Onnis (Argentina), 211 jogos
4o Youssouf Fofana (Costa do Marfim), 211 jogos
5o Lucas Bernardini (Argentina), 209 jogos
6o Victor Ikpeba (Nigéria), 206 jogos
7o Armand Forchèrio (Mônaco), 199 jogos
8o Andrea Raggi (Itália), 191 jogos
9o FABINHO (BRASIL), 188 jogos
10o João Moutinho (Portugal), 175 jogos

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

2/agosto